Alguma vez você já se sentiu frustrado? Se viu em situações em que algo deu errado e você não soube o que fazer? Paralisou, desanimou e ficou com medo? Neste texto vou apresentar seis situações que podem contribuir para paralisá-lo (a) e impedi-lo (a) de seguir em frente, e o que fazer para se superar cada vez mais e alcançar os seus objetivos!


Errar faz parte do mundo humano

Todos nós erramos em diversas situações e esses erros podem contribuir para o aprendizado e para a transformação pessoal, desde que tenhamos uma postura de não ficarmos nos justificando o tempo todo. Embora errar seja humano não é saudável se apoiar nesta frase como uma muleta. O que define a transformação ou não em cada um de nós é se escolhemos insistir no que não deu certo e nos paralisarmos, ou se seguimos adiante reconhecendo que erramos e pensamos em outras possibilidades.

Não admitir seus erros

Não admitir que a escolha não foi a melhor para situação apresentada é uma possibilidade de se frustrar com muita frequência. A tendência é que as pessoas façam sempre a mesma coisa na expectativa de resultados diferentes, e muitas vezes por orgulho sofremos mais do que gostaríamos. Quando admitimos o erro, resolvemos o problema e focamos as energias em outras situações, além de nos aproximarmos mais humanamente da outra pessoa. Admitir os erros é aprender, transformar-se e se aproximar cada vez mais de seus objetivos.

Não ter foco

Não ter foco está relacionado a não ter planejamento e não saber onde se quer chegar. Esse processo só vai trazer frustração, porque o tempo vai passar e você vai olhar para trás e ver que não alcançou nada. É preciso ter objetivos, criar metas que te movam na direção de onde quer chegar e se sentir satisfeito.

Não falar sobre os problemas

Evitar falar sobre o que incomoda acumula insatisfações e contribui para que a situação fique ainda pior. Deixamos de dizer o que pensamos por diversos motivos: por estar com muita raiva, por não gostar da pessoa, por não querer magoar, entre outros. Esse processo envenena os relacionamentos. O que mantém a saúde das relações é o diálogo, é saber falar, mas, principalmente, saber ouvir!

Não compreender que cada pessoa tem um ponto de vista

As pessoas têm histórias diferentes, logo não vão enxergar as coisas da mesma forma. O processo de reflexão necessariamente deve compreender: Como estou aberto para ouvir? De que forma acolho o outro, para que possa também me sentir acolhido? É preciso ter a compreensão de que pontos de vista diferentes podem agregar e não necessariamente dividir, e que às vezes as coisas não sairão como gostaríamos. Afinal, o que seria do mundo se todos gostassem apenas da cor azul?

Acreditar que recomeçar é perder tempo

Um grande erro que cometemos é pensar que o recomeço caracteriza uma derrota. De fato, o recomeço traz uma sensação de desânimo, tristeza e a sensação de que a conquista desejada fica mais longe de ser alcançada. Embora seja frustrante, recomeçar é uma forma de aprendizado e pode dar um ânimo maior se compreendido através de outra perspectiva.

Essas seis situações que o impedem de crescer e seguir adiante contribuem para sentir-se frequentemente frustrado. Lembre-se que o mais importante é buscar recursos de enfrentamento, por isso acredite, não tenha medo, supere os próprios erros, que esta é uma forma de amadurecer. Embora enfrentá-los possa ser doloroso, esse processo de superação pode te fazer mais forte e te trazer mais oportunidades.

Quer saber uma maneira de mudar, se fortalecer e obter sucesso na vida? clique no link: http://bit.ly/visionmedesenvolvimentopessoal

Escrito por:

Fabiane Moraes de Siqueira

Psicóloga e Terapeuta de Família e Casal

 Acompanhe também:

youtube.com/fabianesiqueira

Links redes sociais: https://linktr.ee/fabianemsiqueira