Muitos são os pensamentos e ideias a respeito. Mas acredite, seja a traição real ou virtual a dor da outra pessoa sempre será verdadeira, e essa ação pode distanciar tanto um casal que pode levá-los a conflitos intensos e até mesmo resultar em uma separação. 


O que leva a pessoa a trair e como se sente quem é traído?
Traição virtual. Há um grande questionamento em cima desse tema.
  • Há quem vai dizer que não é traição e os que irão dizer que sim.
  • Há quem vai dizer que se não há contato físico não há traição.
  • Há quem vai dizer que começa no virtual para se tornar real.
O mundo virtual oferta um acesso ilimitado de projeções, fantasias e desejos. Pode-se criar uma série de expectativas e ilusões a respeito do que se busca, por exemplo:
  • Achar que a internet oferta uma segurança maior para a traição e não descoberta por parte do parceiro ou de outra pessoas;
  • Busca novidades que entende não ter em seu relacionamento, ou seja, entende que na relação atual não há espaço para seus desejos e fantasias e busca na internet a possibilidade de expressar esses desejos com pessoas desconhecidas.
  • A relação atual está permeada por conflitos, brigas e reclamações. A busca virtual se oferta pela possibilidade de se desligar da realidade e ser confirmado por outra pessoa em suas fantasias e desejos.
  • Não conseguir controlar seus impulsos e desejos é um outro fator que pode contribuir para uma traição.
Independente de quais sejam as motivações conscientes ou não a sensação é de que tudo é melhor do que o que se vive na realidade, pois os desafios e dificuldades enfrentadas no mundo real dificilmente ocorre no meio virtual.
Por isso é importante existir um diálogo funcional no relacionamento, pois guardar mágoas acumula sentimentos negativos. Se os acordos iniciais não estão funcionando, ambos precisam se sentir livres para falar o que estão sentindo para resolver a situação, diminuir o espaço de distanciamento de ambos e evitar a entrada de um terceiro. Passar panos quentes na situações não resolvem problemas e fingir que nada está acontecendo é pior ainda. O ser humano é movido a emoções, se não consegue ter controle delas, é um indício de que precisa de ajuda.
Lembre-se distanciamento conjugal é responsabilidade das duas partes. Conversem sem buscar culpados e sim soluções. Cada um precisa assumir sua responsabilidade, conhecer a si próprio e identificar as suas emoções.
Acredite quem trai também sofre e muitas vezes não quer magoar o seu parceiro e sim satisfazer suas necessidades internas que muitas vezes nem se dá conta do que é. E quem é traído sofre mais ainda, não importa se é real ou virtual.
Aconteceu? Busque a ajuda de um profissional para a possibilidade de perdão e  novos acordos funcionais na relação. O profissional ajudará a compreender o que levou ao distanciamento conjugal e quais foram os padrões de comportamento eu contribuíram para isso.
E você, o que pensa sobre traição virtual?

Quer saber uma maneira de mudar, se fortalecer e obter sucesso na vida? clique no link: http://bit.ly/visionmedesenvolvimentopessoal

Escrito por:
Fabiane Moraes de Siqueira
Psicóloga e Terapeuta de Família e Casal
 
Acompanhe também:

Links redes sociais: https://linktr.ee/fabianemsiqueira