No texto frases limitadoras, você as usa? eu abordei exemplos de mensagens negativas que crescemos ouvindo e que contribuem para limitar o desenvolvimento pessoal e emocional.

Por exemplo: filho de peixe, peixinho é? dinheiro não traz felicidade! Na minha vida nada dá certo! Se você ainda não leu este texto, clique no link: https://fabianesiqueira.psc.br/2019/05/20/frases-limitadoras-voce-as-usa/

Crenças limitantes são pensamentos negativos que se cristalizam como uma verdade absoluta e que te impedem de prosperar e se desenvolver, mantendo-o em uma inércia que o impede de enfrentar as situações para crescer emocionalmente e se desenvolver pessoal e profissionalmente.

Essas crenças contribuem para a forma como você se coloca no mundo e interfere em seus sentimentos e comportamentos.
Por exemplo, uma criança que cresce em uma família onde os pais a comparam com o irmão dizendo que ele não tem a capacidade intelectual do outro e o repreende reforçando que ele nunca será tão merecedor quanto seu irmão, pode gerar sentimento de baixa estima e não merecimento. Na vida adulta a pessoa pode apresentar dificuldades em reconhecer que tem potencial, por exemplo, receber elogio em seu trabalho e ainda assim não acreditar que seja merecedor desse elogio.

Embora o meio externo traga reforço positivo, a pessoa não se reconhece, por não acreditar em si mesma. Então perceba, algumas crenças são fáceis de identificar porque são universais e mais comentadas, outras são mais difíceis porque estão cristalizadas, faz parte da pessoa e ela nem percebe.

Por isso vou apresentar aqui alguns passos importantes que podem ajudá-lo a compreender melhor quais são as crenças que fazem parte de sua vida e colocar em prática a sua mudança:

O primeiro passo é compreender quais são as crenças negativas que interferem em seu desenvolvimento. Uma forma de identificar essas crenças é observar seus pensamentos, principalmente os negativos, e aqueles que passam a mensagem de não possibilidade e não capacidade. Por exemplo: frases que começam com “não sei”, “não posso”, “não consigo”, “não sou capaz”, “não mereço”. São frases que determinam o modo como se comporta e que impede resultados positivos em sua vida.

O segundo passo é substituir as crenças negativas por crenças positivas. Para isso será necessário compreender o que te fez alimentar a crença negativa por tanto tempo e por qual motivo ela faz parte de sua vida.
Por exemplo, a frase: “não sei se sou capaz de finalizar a tarefa da forma como me pediram”.

Ao analisarmos essa frase ela pode significar: “será que sou realmente capaz, como as pessoas estão vendo”? Ou, “não tenho inteligência suficiente para exercer tão bem esta tarefa conforme pediram”. Essa forma de pensar pode contribuir muito para a procrastinação. Como a ideia é de que não vai dar conta, melhor não focar nesta tarefa.

Para substituir a crença negativa dessa frase, responda: o que me faz acreditar nisso? Qual é o sinal concreto de que realmente isso acontece? O que de fato ocorre na prática? Com quem aprendeu esse modo de pensar sobre si mesmo?

Com essas respostas, altere a frase negativa por uma positiva que faça sentido, por exemplo, “eu sou capaz porque na prática finalizo a tarefa e sou elogiado pelo que fiz”.

Uma dica é não deixar esse exercício apenas no campo da reflexão. Escreva e leia em voz alta todos os dias para que comece a fazer sentido de forma mais natural.

O terceiro passo é compreender que para a mudança acontecer se torna necessário: agir, ter atitude, colocar em prática e sair da zona de conforto! Ter determinação e persistência é o caminho que vai te levar ao sucesso!

Quer saber uma maneira de mudar, se fortalecer e obter sucesso na vida? clique no link: http://bit.ly/visionmedesenvolvimentopessoal

Escrito por:
Fabiane Moraes de Siqueira
Psicóloga e Palestrante

Acompanhe também:
youtube.com/fabianesiqueira
Links redes sociais: https://linktr.ee/fabianemsiqueira