Você sabe o que é pensamento de escassez e pensamento de abundância?
Imagine a seguinte situação:

Você acorda pela manhã, toma seu café, procura sua carteira e não encontra. Grita para sua esposa. “Amor onde deixei minha carteira?” ela responde: “Fui eu que guardei, procure você”.
Nesse momento você sente um incomodo, respira fundo, acha a carteira e sai para trabalhar. No trabalho você é chamado a atenção porque seu trabalho não está rendendo resultados para a empresa. Você sente raiva e pensa: por que ainda estou trabalhando aqui? Mas você não pede as contas porque sabe que precisa desse emprego para pagar as contas do mês.
Volta para casa, toma um banho, senta ou deita no seu sofá entra nas redes sociais, passa horas curtindo fotos e a vida de outra pessoa. Se deita e vai dormir, porque precisa acordar cedo para trabalhar.
Outro exemplo:
Você acorda pela manhã, toma seu café, procura sua carteira e não encontra. Pergunta para sua esposa. “Amor onde deixei minha carteira?” ela responde: “Eu não vi amor.”.
Você sai para trabalhar. No trabalho desenvolve ações e em determinados momentos é chamado atenção para voltar ao foco. Você sente raiva neste momento, mas se propõe a pensar, de que modo eu posso melhorar?
Volta para casa, toma um banho e busca por conteúdos que possam te ajudar a melhorar o trabalho que realiza.
Busca cursos on-line ou presencial, desenvolve objetivos e metas.
Qual a diferença entre o primeiro e o segundo exemplo?
No primeiro exemplo você reage as situações e se paralisa diante delas. Permite que seus sentimentos te dominem e aumentem a sua ansiedade. Há uma tendência a viver de rotina, com as situações que lhe são conhecidas, mesmo as ruins.
Nesse exemplo, você não deixa de sonhar ou desejar uma vida diferente e nem deixa de viver coisas boas, mas apresenta dificuldades em traçar objetivos, e principalmente colocar as metas em ação, o que contribui para ficar preso em uma vida de insatisfações.
Essa forma de agir alimenta o pensamento de escassez e contribui para se manter no que é conhecido. O pensamento de escassez ativa a percepção de que se fizer diferente, as coisas podem não dar certo.
No segundo exemplo você responde as situações sem se deixar dominar pelas suas emoções. Esse processo te ajuda a pensar melhor sobre as opções e possibilidades que tem. Contribui para obter resultados mais positivos na vida pessoal e profissional, pois há uma busca por melhores oportunidades, possibilidades e desempenho.
De um modo geral:
  • O pensamento de escassez está relacionado a pensar demais e não se arriscar por medo de perder. Medo de perder o emprego, o dinheiro, a família, o amor, a comida. É um pensamento paradoxal: de um lado se faz muito, para não perder o pouco que tem.
  • O pensamento de abundância está relacionado a aprender e acreditar que há possibilidades e melhores condições para todos: mais amor, mais dinheiro, mais oportunidades.
Escrito por:
Fabiane Moraes de Siqueira
Psicóloga e Palestrante
 
Acompanhe também: