Você sabia que para você performar você precisa constantemente se autoconhecer?

E quando digo performar estou dizendo: ser melhor com você mesmo, como marido, como esposa, como pai, como filho, como amigo, como chefe e como funcionário!

Muitas pessoas fracassam na vida e alimentam sofrimentos profundos porque não dão importância ao seu processo de autoconhecimento.

Há pessoas que não se interessam por esse tema, porém não percebem que alimentam uma rotina de insucessos, pensamentos negativos e emoções reativas. Mas também há pessoas que pensam diferente e buscam constantemente formas de melhorar-se como pessoa e como profissional.

Agora te pergunto: qual é a sua forma de pensar? Quer saber quais são os estados internos que te levam a ter esses tipos de pensamentos? Qual é o estado que te incapacita, te paralisa e te mantém na zona de conforto e qual e o estado que te impulsiona e faz com que você fique com sangue nos olhos? com foco, com desempenho e mais leve com a vida?

O primeiro estado interno é o estado do sofrimento.

Você sabia que a maioria das pessoas alimentam esse estado em 80% de sua atuação? Sabe como? Se comparando, se julgando e competindo.

Sabe o que acontece quando você faz isso?

Você sofre, sente dor, sente mágoa, fica com raiva e alimenta um loop de sentimentos negativos que vão alimentar cada vez mais a sua dor e o seu sofrimento. Percebe a importância de não julgar e não se comparar com as outras pessoas?

Você é único e quando se compara, diminui o seu brilho e coloca em xeque se realmente você é bom no que você faz. Além disso você passa a desenvolver comportamento de competição, e você não precisa disso. O mundo é abundante e há espaço para todos!  Não faça isso com você, acredite mais e siga em frente, busque desenvolver sua autoconfiança e o seu autoconhecimento o tempo todo.

O segundo estado interno é o estado de performance. Você só atinge esse estado quando para de julgar, de achar que é melhor que os outros e de achar que você nunca erra. Nesse estado não há lugar para comparação e competição, muito menos para diferenças e pensamentos negativos.

Você potencializa o estado interno do sofrimento ou da performance?

Fabiane Moraes de Siqueira

Psicóloga e Palestrante

Acompanhe também:

youtube.com/fabianesiqueira

Links redes sociais: https://linktr.ee/fabianemsiqueira